o poder do hábito.jpg

Teoria do Medalhão

Machado de Assis
o poder do hábito.jpg
Titulo ebook
Capa
Título original
Autor
Foto do autor
Pais de origem
Editora
Ano de publicação
ISBN
Ilustração
Tradutor
N° paginas
Tempo de leitura
Idioma
Sinopse
Curiosidades
Categoria
Sub categoria
Formato
Licença
Instituição
Teoria do Medalhão
Teoria do Medalhão
Machado de Assis
Brasil
1881 – 1ª Edição
7
Português
Teoria do Medalhão. É a história de um pai que após um jantar de aniversário de seu filho o chama para conversar. Tratam sobre o futuro do filho e o pai começa a aconselhá-lo que para garantir que o esforço dele durante toda a vida seja recompensado, ele deve além de sua profissão cultivar o “ofício” de medalhão.
"Machado de Assis (Joaquim Maria Machado de Assis) nasceu em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro. De origem pobre, era filho de um brasileiro e de uma açoriana, os quais viviam como agregados na Quinta do Livramento, uma chácara que pertencia à rica madrinha do escritor. Mais tarde, o autor trabalhou como aprendiz de tipógrafo, revisor de textos, tradutor e funcionário público. Além disso, escrevia poemas, contos, crônicas e romances. Desse modo, publicou seu primeiro livro de poesias — Crisálidas — em 1864 e seu primeiro romance — Ressurreição — em 1872." "O autor de Dom Casmurro foi um dos fundadores, em 1896, da Academia Brasileira de Letras, além de ser o seu primeiro presidente. A essa altura, era um romancista consagrado, apesar de todos os preconceitos que precisou enfrentar, pois era negro, gago e, às vezes, tinha ataques epilépticos. A sua carreira de escritor é dividida em duas fases, já que Machado de Assis, inicialmente, estava filiado ao Romantismo. Porém, em 1881, com a publicação de sua obra Memórias póstumas de Brás Cubas, ele introduziu o Realismo no Brasil, estilo literário que o consagrou, antes de falecer, em 29 de setembro de 1908, no Rio de Janeiro."
Ebooks Clássicos Brasileiros
Contos
PDF
Domínio Público
USP
Sinopse
Teoria do Medalhão. É a história de um pai que após um jantar de aniversário de seu filho o chama para conversar. Tratam sobre o futuro do filho e o pai começa a aconselhá-lo que para garantir que o esforço dele durante toda a vida seja recompensado, ele deve além de sua profissão cultivar o “ofício” de medalhão.
Curiosidades
"Machado de Assis (Joaquim Maria Machado de Assis) nasceu em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro. De origem pobre, era filho de um brasileiro e de uma açoriana, os quais viviam como agregados na Quinta do Livramento, uma chácara que pertencia à rica madrinha do escritor.

Mais tarde, o autor trabalhou como aprendiz de tipógrafo, revisor de textos, tradutor e funcionário público. Além disso, escrevia poemas, contos, crônicas e romances. Desse modo, publicou seu primeiro livro de poesias — Crisálidas — em 1864 e seu primeiro romance — Ressurreição — em 1872."

"O autor de Dom Casmurro foi um dos fundadores, em 1896, da Academia Brasileira de Letras, além de ser o seu primeiro presidente. A essa altura, era um romancista consagrado, apesar de todos os preconceitos que precisou enfrentar, pois era negro, gago e, às vezes, tinha ataques epilépticos.

A sua carreira de escritor é dividida em duas fases, já que Machado de Assis, inicialmente, estava filiado ao Romantismo. Porém, em 1881, com a publicação de sua obra Memórias póstumas de Brás Cubas, ele introduziu o Realismo no Brasil, estilo literário que o consagrou, antes de falecer, em 29 de setembro de 1908, no Rio de Janeiro."
Você também pode gostar desses livros